/ Definições

O Que É Yoga?

Se você perguntar para várias pessoas o que é Yoga, as chances são de que a maioria dessas pessoas saiba do que você está falando.

Provavelmente já viram fotos, vídeos, ou mesmo já fizeram alguma aula. Yoga tem sido um assunto bem comum nos últimos anos e a procura pelo Yoga aumenta a cada dia.

No entanto, mesmo professores formados em Yoga tem dificuldade em definir o que é Yoga em poucas palavras. E isso realmente pode ser algo bem difícil, porque muita coisa pode ser Yoga.

Existe um universo gigantesco de técnicas e modalidades diferentes de Yoga. Se você visse uma pessoa deitada de olhos fechados, ela poderia estar praticando Yoga, por exemplo; ou não.

Ou então se você vir uma pessoa cantando em uma língua estranha, ou mesmo fazendo técnicas fortes em que ela fica de cabeça para baixo sustentado todo o peso do corpo sobre os braços... tudo isso e muito mais, pode ser Yoga.

Como criar uma definição do que é Yoga?

Essa é a grande dificuldade, afinal é necessário criar uma definição que abarque todas essas diferentes tipos de técnicas que podem ser utilizadas em uma prática. E abarcar até mesmo as diferentes modalidades de Yoga que foram surgindo com o passar dos anos.

Que tal fazer um pequeno exercício? Pause a leitura desse artigo por alguns instantes e role até os comentários e fale pra gente qual é a sua definição de Yoga?

Isso vai ajudar os colegas leitores a entenderem melhor o que é essa filosofia, e você mesmo vai encontrar definições que nem imaginava.

Algumas definições de Yoga

Pátañjáli

Yoga é a supressão da instabilidade da consciência.

ou

Yoga é a suspensão dos processos mentais.

Bhagavad Gita:

O Yoga é aquietar a mente, é equilíbrio e estabilidade da mente, é romper a união com a dor.

Katha Upanishad:

Ao controlar os nossos sentidos, não deixando que eles dominem a nossa forma de estar na vida, terminamos com a dor e o sofrimento. Isso é Yoga.

Mestre DeRose:

Yoga é qualquer metodologia estritamente prática que conduza ao samádhi.

Hermógenes:

Yoga é um estilo de vida que cultiva o corpo, cultiva a mente e trabalha com as energias. Prepara-se o corpo físico para que, em perfeita e harmoniosa saúde, possa o ego sentir-se bem e assim obedecer às leis que conduzirão à felicidade.

Shankaradev Saraswati:

Yoga é a conexão consciente do pequeno e limitado Eu com o eterno, superior e ilimitado Eu.

Bhole Prabhu:

Yoga é uma ciência, uma disciplina prática, metódica e sistemática ou um conjunto de técnicas que tem o objetivo elevado de ajudar os seres humanos a se tornar conscientes da sua natureza mais profunda.

André De Rose:

Yoga é a metodologia baseada nos textos hindus (shastras) para conduzir ao estado de iluminação interior (samádhi).

Daniel de Nardi:

O Yoga é, por excelência, uma filosofia que busca revelar-nos nossa verdadeira identidade. É um processo desencadeado pelas práticas de auto-percepção e de permissão que a consciência se manifeste no dia-a-dia.

Daniel Tonet:

Yoga é uma filosofia prática que utiliza grande diversidade de técnicas com o objetivo de expandir a consciência do praticante e permitir a ele um melhor entendimento de si mesmo e de seu papel no Universo.

Collins English Dictionary:

Yoga é um sistema hindu de filosofia que visa a união mística do Eu com o Ser Supremo em um estado de completa consciência e tranquiliadde através de certos exercícios físicos e mentais.

Merriam-Webster's Dictionary:

Yoga é uma filosofia hindu que busca a supressão de toda a atividade do corpo, da mente e da vontade, com o objetivo de que o praticante perceba a sua distinção com eles e alcance a libertação.

Wikipedia:

Yoga é uma prática ou disciplina física, mental e espiritual que se originou na Índia.

O que podemos concluir então? Uma coisa é fato, o Yoga está relacionado ao crescimento pessoal, a evolução do praticante.

É realmente uma filosofia. Mas diferente do conceito ocidental de filosofia, que apenas leva em consideração as escolas de filosofias teóricas, o Yoga é uma filosofia prática, onde os porquês não tem tanta importância.

Para o praticante de Yoga o importante é a prática em si, diligente, que dia após dia, lhe conduz em direção a meta do Yoga.

Não quero propor mais uma definição, mas gostaria muito que você deixásse o seu comentário me contando qual a sua definição para o Yoga, tenho certeza de que com sua ajuda deixaremos esse artigo ainda mais completo!

Qual é o objetivo do Yoga?

Saber a definição do que é o Yoga não ajuda muito se não entendermos qual a meta que esta filosofia prática tem.

Várias das definições citadas acima compreendem a meta do Yoga como parte de sua definição.

Quer seja o samádhi, a supressão das instabilidades da mente, a união, esse é um ponto comum entre praticamente todas estas definições.

A meta do Yoga é de fato alcançar um estado de consciência expandida. Ou seja, ampliar o expectro da consciência para além do que é comum.

Embora todas as pessoas tenham em si (em seu organismo e DNA) as chaves para desencadear esse estado de super-consciência, poucas pessoas conseguem atingí-lo sem a ajuda de técnicas como as do Yoga.

De fato, mesmo nem todos praticantes de Yoga chegam a alcançar essa meta.

Para compreender um pouco melhor o que é este estado de consciência expandida, chamado samádhi, podemos fazer uma analogia que vai ilustrar melhor o que isso significa.

A real compreensão do samádhi está além de palavras e razão, visto que está além do plano mental.

No entanto imagine esta situação:

Pela manhã toca o seu despertador. Apenas alguns instantes atrás, você ainda estava dormindo, e por mais que existissem outros barulhos durante a noite, você não os percebeu e continuou dormindo até o momento em que seu despertador tocou.

Ao escutar o despertador sua consciência, antes adormecida, deu um salto. Você passa do estado insconsciente (dormindo) para o estado consciente (acordado).

Agora tudo o que aparece diante dos seus olhos passa a ser interpretado por seu cérebro. Os sons que chegam aos seus ouvidos são percebidos e também interpretados, assim como os aromas, o tato, etc.

Alcançar um estado de consciência expandida significa literalmente acordar mais uma vez. É tornar-se ainda mais consciênte, mais do que quando se está acordado. É aguçar muito mais os sentidos e deixar a consciência fluir através do plano da intuição, e não mais através do plano mental.

Para que serve o Yoga?

Embora saber definir e entender qual é a meta do Yoga ajude muito, é comum neste ponto surgir o questionamento sobre para que serve o Yoga.

Essa é uma questão delicada, e é bem provável que cada professor lhe de uma resposta diferente.

Muitos professores nem mesmo gostam de dar algum tipo de utilidade ao Yoga. Rapidamente respondem que o Yoga não serve para nada, que o importante não são os seus benefícios, mas sim os resultados que a prática pode lhe proporcionar com o passar dos anos de dedicação.

E realmente, se encararmos o Yoga pelo que realmente é, uma filosofia de vida, o ideal é que não seja praticado por algum benefício, mas pela afinidade com que se tem com essa filosofia. Pelo gosto de aplicar essa filosofia em sua vida.

Nenhum filósofo se dedica a filosofia pela sua serventia, mas sim pela paixão que ela desperta em seu âmago. Apesar da forma de praticar uma filosofia teórica e outra prática serem completamente diferentes, isso vale para ambas.

Isto explicado, é inegável que a prática do Yoga tráz inúmeros benefícios para o corpo, emoções e mente.

Para alcançar a meta do Yoga diversos processos biológicos, emocionais, mentais e intuicionais precisam ser desencadeados e isso só acontece se o praticante estiver em forma, com muita saúde e vitalidade, com um emocional bem resolvido, a mente serena, e o ego bem resolvido.

E são justamente esses "efeitos colaterais" promovidos pelo Yoga que atraem tantas pessoas.

É claro que não há problema algum em praticar buscando um benefício em especial. Diversas pessoas buscam o Yoga para controlar o stress, para diminuir dores de coluna, para emagrecer, e por aí vai...

Apenas é importante saber que o Yoga vai muito além disso. Se praticado com dedicação e afinco, vai te catapultar a um novo sentido para a sua existência.

Quais são as técnicas do Yoga?

Para promover todos esses benefícios e ajudar o praticante a alcançar a sua meta, o Yoga dispões de diversas técnicas, vamos entender de forma superficial quais são elas:

Ásana - técnicas corporais

São as posições do Yoga, também chamadas de técnicas psicofísicas, posturas, técnicas biológicas.

Essa é a parte que mais impressiona quem assiste alguém praticando Yoga, já que existem diversas posições que exigem muita força e flexibilidade.

Dhárana, dhyana, samyama - concentração e meditação

A meditação, técnica que surgiu no âmbito do Yoga e que tem sido muito divulgada por seus benefícios ao cérebro, consiste em exercícios que treinam o praticante para interromper o fluxo dos pensamentos e permitir que sua consciência passe a fluir através da intuição.

Yoganidrá - Relaxamento

São técnicas de descontração e relaxamento induzidas, em que o praticante atinge estados profundos de desontração física, emocional e mental que lhe permitem reprogramar seu corpo, emoções e pensamentos.

Pránáyáma - técnicas respiratórias

São os exercícios respiratórios do Yoga. Atuam tanto os os processos físicos da respiração, expandindo a capacidade pulmonar, promovendo melhor oxigenação do cérebro e circulação sanguinea.

E também atuam sobre o corpo energético do praticante, promovendo maior captação do prána, a energia vital, e sua distribuição atrvaés dos canais energéticos.

Kriyá - técnicas de limpeza e purificação orgânica

São técnicas que atuam diretamente sobre as glândulas e todo o sistema endócrino e linfático estimulando as funções de limpeza do organismo. Desta forma, eliminando mais efetivamente toxinas que acumulamos no organismo, essas técnicas aceleram so processos produzidos pelas demais partes da prática.

Mantra - vocalizações de sons e ultrassons

Os mantras são os cânticos do Yoga. São vocalizados em sânscrito, língua morta utilizada para os nomes de todas as técnicas do Yoga. Ao pronunciar os mantras corretamente o praticante produz não apenas sons, mas também utrassons, que atuam diretamente sobre o seus sistema energético, estimulando a fluidez da sua energia vital através de todo seu organismo.

Mudrá - gestos reflexológicos

As mãos tem grande influência sobre nosso estado de consciência. Os mudrás são gestos feitos com as mãos que são acoplados às diversas técnicas do Yoga para desencadear estados de consciência específicos, muitas vezes sintonizando com determinados arquétipos.

Pújá - retribuição, agradecimento prévio, oferenda

O estado de espírito gerado pelo pújá, um estado de gratidão, tem o poder de criar uma conexão muito mais intensa entre o praticante e seu professor; e também entre o praticante e os arquétipos do Yoga.

Isso facilita assimilar os conceitos e incorporar o conhecimento do Yoga de forma mais direta, através da identificação, nyasa em sânscrito.

Yamas e Nyamas - prescrições e proscrições de ordem ética

Os yamas e nyamas são o código de ética do yogin, o praticante de Yoga. Embora não sejam uma técnica em si, são os fundamentos sobre os quais a evolução do praticante de Yoga se processa.

Sem eles, não adianta fazer ásanas incríveis e passar horas meditando.

Assim como não se constrói uma casa sem boas fundações, não se evolui na prática do Yoga sem contruir essa base de ordem ética.

Foram codificados pela primeira vez por Pátañjáli em seu livro Yoga Sútra.

Quem pode praticar Yoga?

Enfim, entendendo o que é o Yoga, algumas pessoas ainda se perguntam quem pode praticá-lo.

Via de regra não existe qualquer restrição para a prática do Yoga.

Qualquer pessoa, de qualquer idade com certeza vai conseguir encontrar alguma modalidade de Yoga que lhe satisfaça.

Hoje em dia existe uma oferta de diversas modalidades com características diferentes. E mesmo professores de uma mesma modalidade muitas vezes direcionam suas aulas para públicos específicos.

Aqui no Yoga em Movimento temos a intenção de tornar o Yoga acessível para as pessoas de todo o mundo, e a melhor forma que encontramos de fazer isso foi produzir um curso de Yoga para Iniciantes inteiramente online e gratuito.

E você, já é praticante de Yoga? Qual é a sua definição de Yoga preferida? Compartilhe conosco nos comentários!!